INFORMAÇÕES FICHA DE INSCRIÇÃO – ENDEREÇO


O futuro não é mais como era antigamente

E não é justamente porque temos muito do passado coexistindo com este futuro. Quem diria que em vez de automóveis voadores, estaríamos compartilhando carros, ou que descobriríamos, em pleno século XXI, que o bom e velho filtro de barro é o melhor sistema de filtragem doméstica?

Back to basics? Não! Mas as noções de tempo estão coexistindo e há muita retroinovação a se fazer.

Nesta breve palestra a pesquisadora e curadora de novos cenários culturais, Mariana Nobre, vai contar um pouco sobre a sua experiência com as noções de Revivalismo, um termo cunhado pela The Future Laboratory (Londres), cujas pesquisas ela representou no Brasil, se aprofundando em curadorias, projetos e eventos sobre o tema.

A conversa pretende fazer entender como há muitos embriões de inovação no passado e como resgatá-los cria um futuro mais potente, assertivo e sustentável.

Alguns tópicos que serão abordados na palestra:

Conceitos: revivalismo, temporalização, vintage x retrô, retrofuturismo, obsolescência e retroinovação.

  • A ausência de nostalgia
  • Cultura Pós-Industrial
  • Pós-humanismo e AI
  • Revivalista como profissão do futuro

 

Sobre a palestrante

Mariana Nobre é pesquisadora e curadora de novos cenários culturais. Moradora no centro de São Paulo há dez anos, sempre em edifícios históricos, tem trabalhos realizados em bureaus brasileiros e internacionais como Voltage, The Future Laboratory e Box 1824.

É Innovation Manager na Ipsos Brasil e realiza seus projetos e curadorias culturais pelo selo Atelier do Futuro.

Estudou comunicação, filosofia, semiótica psicanalítica e cinema documentário.

 

Ficha de Inscrição

 

Rua Florêncio de Abreu, 123, Centro, São Paulo – Próximo do Metrô São Bento. (11) 3312-6255